Bem vindo ao entrar. Volte em breve ao sair.

Aos que aqui vem prestigiar um pouco mais de minha personalidade, espero que não fiquem desapontados(das), mas que antes tentem ler sem reservas ou pré-conceitos e rótulos.

MUITA ATENÇÃO: Minha grafia é muito ruim e não me importo com isso. Não percam tempo corrigindo-me, não lembrarei da correção nem 5 minutos depois. Isso para mim é 100% irrelevante. Deixo isso para os que apreciam e sabem o que fazer com o vernáculo correto. Não é o meu caso e realmente não dou a menor importancia se julgam-me pela correção de minhas idéias ao escrever o Português nem sempre correto. Relaxe!

Minha consciência é como minha alma, liberta e libertária, por isso não me importo com criticas, apenas com injustiças e leviandades egoístas. Não pretendo ter preocupações se agradarei ou se violentarei. Não me importo também em divergir abertamente, pois ao menos não serei dissimulado ou mentirei e permitirei que possam mostrar a mim outras formas de ver e pensar sobre as coisas, aonde aprenderei muito a não errar e ser um pouco melhor. Tenho a consciência de que uma vez exposto aqui, estou dando minha cara-a-tapa. A liberdade de me fazer público é ao mesmo tempo uma forma de dar “uma chance” a mim mesmo e a todos que aqui vão ler o que escrevo, saber mais sobre minha mente, minha alma e minha fé nas pessoas. Tenham paciência comigo e ajudem-me a aprender com vocês, mas sem piedade e complacência e com muita ternura. Espero realmente que aqui possa ser mais uma via e o meio para que possamos ser mais amigos, melhores e maiores, mais unidos e indissolúveis por mais distantes que estivermos um do outro. Ficarei feliz se somar, provocar a reflexão e criar um ponto de partida pera eu aprender mais com suas posições e posts.

Sintam-se a vontade e livres. WELCOME.


terça-feira, 3 de abril de 2012

Eu não posso parir

Estou em vias de conhecer meu mais novo amigo de minha vida, o Raul.

Meu mais novo filho.

Como todos já sabem, não posso parir um filho, mas posso fazer outras coisas que são parte de minha paternidade.

Tenho acompanhado a Lorena, que como “marinheira de primeira viagem” tem tido muitas expectativas, experiências e situações muito legais.

Este é meu quinto filho e pretendo que seja o último, pois já estou velho para ter filhos.

Como pai eu amo de formas diferentes cada uma de minhas proles, todos são especiais e cada um faz de mim ser uma pessoa diferente, melhor e da um sentido especial em minha vida.

O Raul tem um sentido de ser o filho que foi esperado para tornar uma pessoa muito  boa e especial – Lorena – em uma pessoa melhor, mais completa e realizada.

Como todos já sabem, não posso parir, mas neste caso, sem mim não teria parto.

Assim como a Lorena, mas de forma e motivos diferentes, espero que o Raul venha somar em nossas vidas e nos aproximar cada vez mais. Confio demais e amo muito a Lorena.

 Acredito que muitos conceitos “absolutos e imutáveis” serão derrubados ao longo do tempo.

Será interessante poder contribuir com a Lorena nisso.

Mas ainda insistindo mais um pouco, não posso parir, mas sei que poderei dar todo o amor, companheirismo e suporte que puder dar e estiver ao meu alcance. Vou fazer o que puder neste sentido.

Não posso parir, mas posso lixa, pintar e ajudar na decoração do quarto do Raul.

O quarto estava totalmente pintado com figuras horríveis de vários tipos de tintas, lápis e canetas. Foi cansativo e demorou muito além do que eu esperava, mas esta ficando muito bonito. Infelizmente não esta igual ao projeto da irmã da Lorena (que é lindo demais e gostaria de que tivesse tido condições de bancar a decoração).

Esta tudo aos poucos se ajeitando e indo normalmente.

A gestação da Lorena esta muito sofrida, infelizmente, mas o Raul esta ótimo e tudo esta bem.

Espero que para Lorena tudo seja compensado quando ela parir o nosso filho.

Eu não posso parir, mas estou muito grato a Deus por fazer parte disso tudo, de ser o responsável por estes momentos para a minha amada Lorena.

Vejo ela também pintando cestinhas e coisinhas para o Raul. São momentos que não consigo descrever.

 Que bom que ela vai parir. Que Deus a abençoe e que seja o início de uma nova e feliz etapa em nossas vidas.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Bendita Tu Luz

Minha amada Lorena
Ao ouvir esta música. Descobri uma nova forma de agradecer a Deus por ter voce em minha vida.
Segue a tradução da letra para te facilitar.
http://www.youtube.com/watch?v=44kityInDvM&feature=relmfu


Bendita Tua Luz

Bendito o lugar e o motivo de estar aqui
Bendita a coincidência
Bendito o relógio que nos pôs pontual aqui
Bendita seja tua presença
Bendito Deus por encontrar-nos no caminho
E de tirar-me esta solidão de meu destino.


Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar
Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar... desde a alma.


Benditos olhos, que fugiam
simulavam desdén, que me ignoravam
E de repente sustentas o olhar


Bendito deus por encontra-nos no caminho
E de tirar-me esta solidão de meu destino


Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar
Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar


Oh glória divina desta sorte, de bom senso
E de encontrar-te justo aqui no meio do caminho
Gloria ao céu por encontrar você agora levar-te minha solidão
e coincidir em meu destino no mesmo destino


Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar
Bendita a luz
Bendita a luz de teu olhar


Bendito olhar oh oh
Bendito olhar desde a alma
Teu olhar oh oh
Bendita bendita bendito olhar
Bendita tua alma e bendita tua luz
Teu olhar oh oh
Te digo é tão bendita tua luz, amor amor
Teu olhar oh oh


Bendita hora e bendito o lugar
Benditos teus beijos pertinho do mar
Teu olhar oh oh
Amor, amor que bendito és o teu olhar

Teu olhar amor